quinta-feira, 27 de novembro de 2008

MNLM ocupa prédio no centro de POA


Cerca de 150 sem-teto do Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM), ocuparam, às 5h de terça-feira (25/11), um edifício sem moradores no Centro de Porto Alegre.
O prédio possui acessos pelos números 516 da avenida Júlio de Castilhos e 43 da rua Coronel Vicente. O imóvel ocupado é de propriedade particular e já abrigou órgãos como o Conselho Tutelar e uma representação da Secretaria Municipal de Produção, Indústria e Comércio.
'A ocupação integra mobilização desencadeada simultaneamente em vários pontos do país', justificou Beto Aguiar, da coordenação nacional do MNLM.

A ocupação é vinculada à Jornada Nacional de Luta pela Reforma Urbana e pelo Direito à Cidade e tem como foco a garantia de recursos para habitação através da aprovação da PEC da Moradia que tramita no congresso nacional que garante recursos para o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social.
O MNLM denuncia o não cumprimento da função social da propriedade e defende o fim dos vazios urbanos.
O prédio ocupado figura em uma listagem de dezenas de imóveis que não estão habitados, todos localizados no Centro.

O imóvel foi desocupado ás 12h30 de Quarta-feira (26/11). Os manifestantes seguiram em marcha pelo centro de Porto Alegre parando em frente a outros seis prédios, denunciando sua situação de abandono e defendendo seu uso para habitação popular.

Fonte: Correio do Povo

Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=ve9cvm0NoVg

Um comentário:

Daryl Steel disse...

Porto Alegre tem um monte de prédios tomados por pessoas que estão desabrigadas. Eu acho que a polícia deveria fazer algo sobre isso, praticamente não pode ter um edifício por causa do perigo que estas pessoas entram e ficar a viver. Eu trabalho em imoveis porto alegre e eu sei muito bem a questão.